Alice Unchained

•outubro 21, 2020 • Deixe um comentário

E como a tempo não se via, acordei depois de uma noite de sono leve e tranquilo! Embalado num daqueles sonhos lindos…longos…daqueles que não vai se esquecer nunca mais…daqueles em que você acorda apaixonado por alguém…

Ela mora no meu inconsciente! Só pode!! Pois mesmo depois de tanto tempo de distância, ela insistiu em aparecer novamente!….

Sempre linda!… meiga!….alva….

A forte que precisa de todo o cuidado e colo! De todo o amor e zêlo….

Mãos dadas, conversas, calor no peito…intimidade! Sensação de alegria, de paixão…

No âmbito do impossível, foi apenas um sonho! Portanto está no âmbito do possível também….

Lá vou eu de novo….

Espanta Crise Café

•maio 5, 2020 • Deixe um comentário

Frequentei por muitos anos o centrão de BH!

Fiz vários amigos!!! Muitos!! Alguns deles músicos, artistas plásticos, a
turma do teatro, da poesia e boêmios! Muitos mais!
Eis que um dia, numa das rotineiras rodas de amigos e cervejas, alguns me falaram que
conheceram um lugar na Floresta, e que eu deveria conhecer, pois como, segundo eles, o lugar era “a minha cara!”
Fiquei bastante interessado! Peguei endereço e referências e ficou na consciência que um dia deveria conhecer este lugar!
Chegou uma noite daquelas que saí sem rumo, e passei por todos os lugares que costumava ir no centro e não encontrei conhecidos, a ponto de querer voltar pra casa e ficar quieto! Porém me lembrei num flash, daquela recomendação efusiva que alguns amigos me fizeram, já a alguns meses!

Não pensei outra vez e tomei rumo para a Contorno com Assis Chateaubriandt,
pra visualizar a portinha abaixo do Giovanni, como me fora recomendado.
Era a noite de 24 de setembro de 2011 – coincidentemente, data que marcava os 20 anos do lançamento do álbum Nevermind, do Nirvana – álbum este, que foi o meu “melhor amigo” na adolescência, pois escutava literalmente todos os dias e me trouxe as maiores influências e aproximações com o rock, contribuindo com minhas composições e pesquisas que hoje faço!
Lugar lotado! Pessoas felizes, sorridentes, simpáticas…primeira impressão excelente!
Pra minha surpresa, tocava (em alto volume) uma faixa do Nevermind!
Encostei no balcão pra pedir uma cerveja! E de costas, ajeitando a geladeira, um camarada que me vê aproximar e logo se volta pra mim dizendo um cativante “boa noite”!
Logo indago: “o senhor que é o Tim”? hehehe… (o chamei de senhor kkk)
Ele estende a mão, me cumprimenta e diz com um sorrisão massa: “Sim…mas senhor ta no céu!” (Rimos muito! Kk – quebrou-se o gelo!)
Perguntou meu nome, me senti em casa, fiz o pedido, trocamos uma ideia rápida sobre os “ml” que eu deveria pedir – se latão ou long neck. Segui a recomendação dele, e veio outra faixa do Nevermind, o que me deu motivo pra dizer que havia muito tempo que não ouvia aquela determinada música (Aliás, num bar, nunca havia escutado antes!); comentei isso com ele e prontamente ele me fala o que eu estava desde cedo em mente – “´Hoje é aniversário de lançamento de 20 anos do Nevermind! Estamos prestando nossa homenagem!”
Pronto!!!!….Fiquei alucinado pelo lugar naquele instante! O disco tocou todo!!! Fiquei louco de felicidade! A cerveja tava gelada (tomei todas)! O Tim trocou várias ideias comigo! E lá pelas tantas, voltei pra casa com o firme propósito de voltar o mais breve possível!
Só pude ir na semana seguinte! E ao chegar no balcão, vem o Tim com aquele sorriso
sensacionalmente característico me cumprimentar, e me chamou pelo nome kkkkk (o que não é uma coisa muito comum pra quem eu falo meu nome uma só vez! Hehehe)

Mesmo tratamento! Mesma ‘vibe’ sensacional! Mesma qualidade do som, e lá se vão 9 anos que frequento! O Tim além de ser meu amigo pessoal desde então, é dono do meu bar preferido em todos os tempos!!!!

Vida longa e próspera! Salve o Espanta! Salve o Tim!

Cigarros de chocolate

•abril 26, 2020 • Deixe um comentário

Ser passivo à ordem e à lei em que sua vida está, não condiz com a força que você tem!

O teu limite, pode te transformar!

Ser tão fraco ao ponto de negar brigar pela cruz, não condiz com um fato ideal!

Por que o mundo pode te mastigar!

Posso imaginar onde nao devo ir… (ou devo ir…) fecho os olhos!….vejo um mundo irreal!….Posso imaginar onde eu devo ir ( nao devo ir) …, Abro os olhos! Vejo um mundo Surreal!…… Posso imaginar do que eu devo rir! Nossos olhos, veem o mundo TODO IGUAL!!!

Se eu pudesse entao, tornar possível, ir procurar outro lugar! Vejo todos tão iguais!

Se eu pudesse então, quebrar vestígios da insensatez de cada olhar! Vejo todos tão banais!…..

Fascinante

•janeiro 11, 2020 • Deixe um comentário

Ainda guardo, com todo o descaso, todo aquele amor que nunca te dei…

Ainda assim vou te dar uma flor…

Ainda penso, assim flutuante, que aquela história podia ser…

Pois nos meus sonhos você me aceitou…

Aquele dia em que te vi na TV…. fascinante….

só me induziu a vir querer saber, no fato instante, além do que tua voz veio trazer!…

…o que mais tem, pós personagem?

Aprendi através da distância, a desinflamar todo o meu sofrer…

E ainda assim sou, quem se superou!

Ja não faz o menor dos sentidos, criar ou escrever coisas pra você….

Meu inconsciente te reencontrou!

Aumente o tom do sol

•dezembro 28, 2019 • Deixe um comentário

Aumente o tom do sol, só pra iluminar nossas idas à sala de espelhos…

Lançar algumas pedras, sobre toda forma de fantasia…

E quebrar ilusões…

Jogar luz nas sombras…

patr(id)iota

•dezembro 24, 2019 • Deixe um comentário

Sou disperso, mas pensava existir tal saída que insiste em se esconder!…

Do hemisfério, sem metade do poder, sento e espero fazer mais!…

Também moro neste país tropical, tão abençoado quanto esquecido por Deus!….

Do hemisfério, sem metade do poder, ouço e espero fazer mais!….

E a quem vem cortar minha carne, então será alguém que me faz crer que, num lugar, cansado de sofrer, a pátria me faz ser….

….cansado! Então será, o mal que me faz crer!

Jun | 2008 – Dez | 2019

A la 15

•março 5, 2018 • Deixe um comentário

Moro no submundo do meu mundo interior… prefiro andar às margens!

Underground…

alternativo…

outsider.

Gosto do que ninguém quer…
Encontro afeto no desprezível…
Vejo beleza na sujeira…

Meu âmago é embaralhado! Minha auto estima não é legal! Meu ego me aplica armadilhas! Sou geminiano…

Vivo uma confusão mental e o embate máximo da velha batalha entre razão e emoção.
Abraço à sanidade em momentos de loucura! Me perco nos reflexos distorcidos que encontro em espelhos pendurados nos corredores mais distantes e traiçoeiros do meu cérebro.

É quase brincar de roleta russa com o tambor cheio…
É quase um beijo de língua numa naja…   “não quero o que a cabeça pensa! Eu quero o que a alma (e a carne) desejam”…

Creio à vezes, estar enlouquecendo!
Mas nestes momentos, percebo estar mais perspicaz do que nunca! Enxergando além das aparências e desvelando de maneira até fácil, tudo que me fere e agride!
(Fomentando a munição para continuar dando tiro no pé)

Não sou masoquista! Mas esta dor e carga alta de adrenalina e cortizol diárias, podem estar me viciando!

 

senhora das águas

•fevereiro 19, 2015 • Deixe um comentário

…e o tal ‘poder da oportunidade’?
sim, ele pode mudar sua vida!  – se você o permitir.

Em caso como este, que realmente valeria a pena sem o menor esforço, nunca recuse à um chamado, à uma convocação! Jamais prive sua presença!!!…

 

Principalmente se esta for pedida de forma tão despojada, sincera, sem nem precisar do auxílio de um texto…somente ao som de ‘Wish you were here‘, e de ‘Light my fire‘.

 

Ambas em versões ao vivo!…Pra que tudo pudesse ficar à cores depois!…

Um jeitinho gostoso de uma jovem inteligente, belíssima e amável, expressar sua vontade de maneira subliminar…determinada! Segura!…

 

Sempre faça com que ela se sinta viva!…plena!
Sempre faça com que ela se sinta acolhida, segura…
Faça com ela perceba que viverem um novo dia juntos, pode ser algo único…
Perceba isto também!…

Cuide dela!…

Deixe claro que você é, acima de tudo, amigo…e que ela pode contar com você!
Faça com que ela se sinta do jeito que ela deve se sentir sempre: amada!

Mas seja de verdade, faça de coração…seu ego, sua mentira e sua indiferença, podem matar tudo!

 

E neste contrário, ‘Castles in the air‘ vai embalar seu arrependimento, fazer seu peito doer num misto de calor, embriaguês, desejo e saudade!…

__________________________________________________________________________________

 

red wine

•outubro 15, 2014 • Deixe um comentário

…e às vezes, uma boa bebedeira, nos recobra à lucidez!

ráá…

😉

2014-10-08 19.50.44

dialectĭca

•janeiro 18, 2013 • Deixe um comentário

TESE: dizem que sou muito confuso!…
ANTÍTESE: …e eu concordo!

viva a SÍNTESE!!!
\o/